Páginas

Quero acordar sentindo o teu cheiro bom.


Dormir ao som do beijo noturno. Quero continuar me enxergando em cada olhar mudo, falado, parado, tarado, estatelado, cansado, suado. Quero sexta, sábado, domingo, segunda, terça, quarta, quinta. Quero começar tudo de novo. Quero continuar tudo outra vez. Quero seguir em frente. Quero continuar tendo um sentimento que move e dá vontade de continuar escrevendo até ficar com as mãos manchadas pelo tempo e enrugadas pelo avanço da idade. Quero meses transformados em anos. Quero não perder nenhum minuto. Quero que você seja sempre a última imagem que eu vejo ao fechar os olhos. Quero não perder a capacidade de apreciar e reconhecer coisas simples. Quero continuar achando que o pouco é muito. Porque é o pouco que importa. O detalhe, o simples que abraça o outro simples e vira uma coisa enorme, que só quem sente sabe bem do que se trata.

- Clarissa Corrêa -

Nenhum comentário

Postar um comentário